• Camila Melo

4 dicas para escolher o elevador da sua casa


Escolher um elevador para a sua casa deve ser encarado como uma das decisões mais importantes da sua construção. Afinal, o investimento é considerável e ele vai ficar com você por um bom tempo, se não para sempre. Mais do que conforto e acessibilidade, o elevador precisa oferecer segurança.

Por isso, conversei com a equipe de engenharia da Neomot e separei algumas dicas essenciais para você :)

Um dia, todos nós vamos envelhecer. Sim, me desculpe por dar essa informação assim, sem preparação. Não é algo que você acorde e fale “nossa, como estou velho hoje”. Não, não. É um processo gradual. Mas vai acontecer.

Como toda velhice, ela vem cheia de surpresas. Mesmo que você se cuide muito, não dá pra prever que você nunca vá precisar de uma cadeira de rodas, por exemplo. Ou o seu irmão, amigo, cônjuje, filhos...

É muito comum que as pessoas, e até mesmo arquitetos, não pensem nisso. Por isso, a gente prefere alertar:

#1 Tenha um elevador com espaço para cadeira de rodas.

Um elevador pequeno é ótimo. Bonito, elegante, não precisa de muito espaço na casa. Mas será mesmo que ele vale a pena?

Pensa comigo: Você investe todo um dinheiro para instalar o elevador, e depois de alguns anos, descobre que ele não serve para atender você, seu amigo ou familiar, que se movimenta através de uma cadeira de rodas. Nada bom, né?

Para comportar uma necessidade assim, a caixa onde vai ser instalado o elevador precisa ser de 1.650 x 1.600mm, suficiente para um elevador de 6 pessoas, com uma largura de porta de 800mm.

Agora pensando na sua vida em casa, já que você tem um elevador, seria legal que você o usasse o tempo todo, né? Como uma espécie de portal mágico, onde você entra e sai como num passe de mágicas.

Se ele for lento, isso não te ajuda em nada.

Por isso, aqui vai a nossa dica número 2:

# 2 Tenha um elevador rápido, para que você prefira usá-lo mais do que a escada.

Mas, calma, não tããããão rápido. O elevador precisa de espaço para acelerar e chegar na velocidade adequada. Se ele acelerar muito rápido, dá aquela vertigem na partida, sabe?

Por isso, o indicado é que o elevador se movimente em torno de 60m/minuto. Mais do que isso, se sua casa não tiver muitos pavimentos, é desnecessário.

“tá, mas e o consumo de energia, como fica?”

Os elevadores hoje já possuem componentes eficientes, que não consomem tanto energia. Além disso, com o avanço dos estudos de eficiência energética, a própria energia solar tem se tornado um produto viável, como mostra essa matéria.

Tanto em casa como em edifícios, a sustentabilidade e uso inteligente de recursos tem sido fortemente discutida, o que leva empresas a criarem soluções adequadas com essas necessidades.

Esse assunto nos leva a pensar na dica número 3:

#3 Tenha um elevador que não te deixe na mão quando falta energia elétrica.

Pensa comigo: Você está sozinho, entra no elevador, falta energia. E você não tem ninguém para lhe socorrer... você vai ficar preso, né? Numa casa, é terrível essa situação. Então, qual a solução?

Existem duas. Uma, já bastante conhecida no mercado de elevadores, é o resgate automático. Ele funciona assim: quando falta energia, o elevador deixa você em segurança no andar mais próximo e então fica desligado até que a energia retorne.

Mas e se, em vez disso, você puder continuar utilizando o elevador?

Essa é a segunda alternativa, possível através de um sistema chamado Cubo. Com ele, a energia que o elevador gera nas frenagens é absorvida e armazenada em um banco de baterias. Além disso, o elevador passa a se alimentar do Cubo, e não da rede elétrica. Assim, quando a energia acaba, o elevador continua funcionando normalmente.

E tem mais: o Cubo pode alimentar os sistemas de alarme, portão de garagem e iluminação da própria casa. Veja aqui como ele funciona.

Por fim, mas não menos importante, temos a dica número 4:

#4 Escolha um elevador que consiga chamar o técnico sozinho.

Assim, se algum problema acontecer e você ficar preso, o técnico fica sabendo sem ninguém precisar ligar.

Essa solução é uma tendência para o mercado, com o avanço da internet das coisas, mas atualmente conhecemos apenas uma que oferece isso: A Neomot.

Sim, me perdoe pelo Jabá, mas o que é bom, a gente precisa contar, né? Depois de começar a trabalhar no mercado de tecnologia, eu passei a repensar várias coisas! E uma delas é que não vale a pena ter um elevador que não pense em nós, passageiros.

E aí, as dicas foram úteis? Deixe um comentário!

Para conhecer mais sobre os nossos elevadores, clique aqui :)

#elevadornovo

0 visualização
(54) 3205.2377

Rua Santo Paese, 81 | Bairro Santa Catarina, Caxias do Sul - RS

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon